Power Skills: Como desenvolvê-las em sua empresa. Veja aqui

No campo abrangente da gestão de pessoas, muito se tem falado sobre os conceitos de hard e soft skills, pois são os traços comportamentais e as habilidades técnicas que juntos compõem a personalidade do profissional ideal. Ou seja, os funcionários que a empresa quer. No entanto, pouco se sabe sobre um novo conceito: power skills.

Preparamos este artigo para lhe dar uma ideia do que são as powers skills, quais são as principais características de integrar um conjunto de competências potenciais e como desenvolvê-las. Para saber mais, continue lendo o artigo!

Neste conteúdo, você verá as seguintes informações:

 

  • Hard skills VS soft skills
  • O que são power skills?
  • Quais são as principais power skills?
  • Como é possível desenvolver as power skills?

 

Diferenças entre Soft Skills e Hard Skills

Para entender o que são power skills, é necessário que voltemos, primeiro, às hard skills e soft skills, dois conceitos tradicionais que já se fazem presentes na realidade de RHs de empresas dos mais diversos setores.

 

Hard Skills

Em suma, qualquer conhecimento técnico ou científico adquirido por meio de métodos práticos de aprendizado, como memorização ou treinamento, é considerado uma habilidade difícil. Em outras palavras, “hard skills” são habilidades tangíveis, ou seja, habilidades que podem ser verificadas por meio de um teste ou exame.

Na prática, “hard skills” são como fazer uma cirurgia cardíaca: ou você sabe ou não sabe. Esse é o tipo de competência demonstrada por meio da certificação, selo que garante que sua capacidade para desempenhar uma função específica foi verificada.

Existem diversos profissionais que só podem exercer atividades se estiverem formalmente habilitados, como engenheiros do CREA, médicos do CRM e advogados da OAB.

Este princípio se aplica a qualquer campo de estudo. Desde cursos profissionalizantes e técnicos até graduação, mestrado e doutorado, todos focam no cultivo de “hard skills”.

 

Soft Skills

“Soft skills” nada mais são do que habilidades interpessoais ou comportamentais que não podem ser avaliadas ou medidas por um rosto.

 

Em outras palavras, são as habilidades invisíveis dos profissionais. Isso significa que eles mudam com o tempo e variam de pessoa para pessoa. Por serem difíceis de mensurar, é impossível determinar se uma pessoa precisa desenvolver uma, duas ou até cinco “soft skills” ao mesmo tempo.

Outro ponto interessante que merece destaque sobre as “soft skills” é que essas habilidades não podem ser aprendidas de forma formal, como cursos de certificação. Por exemplo, é impossível ensinar os funcionários a desenvolver a inteligência emocional se eles não entenderem as implicações desse conceito abrangente. Ao liderar os outros, você também não pode ensiná-los a desenvolver empatia ou ser proativo.

Esse tipo de ensino geralmente acontece no decorrer de nossas vidas à medida que vivemos experiências, lidamos com pessoas e aprendemos a viver em sociedade. O problema é que, na maioria dos casos, as pessoas acabam ficando para trás nesses tipos de habilidades porque não acham que serão necessárias em algum momento de suas carreiras.

Felizmente, existem maneiras de desenvolver “soft skills” e transformar equipes colaborativas em profissionais de pleno direito prontos para enfrentar qualquer tipo de desafio que uma organização apresente rotineiramente.

 

Então, o que são Power Skills?

Até agora, você pode entender que enquanto “hard skills” são conhecimentos técnicos que requerem validação em profundidade para demonstrar a capacidade de um profissional se relacionar com uma habilidade, “soft skills” são habilidades mais abstratas que focam nas relações interpessoais.

No mercado de trabalho atual, na era da transformação digital, os consumidores estão cada vez mais exigentes, e as empresas procuram talentos com “soft skills” mais “hard skills”. Ou seja, ele deve ser tecnicamente competente em sua especialidade e saber se comunicar e se relacionar bem com os membros da equipe, clientes e demais envolvidos no ambiente organizacional.

Os profissionais de hoje devem saber interpretar os principais cenários e usar a criatividade para apresentar soluções inovadoras. Ele tem que ser capaz de lidar com momentos difíceis e estressantes onde ele tem que ter uma boa inteligência emocional para enfrentar todos os desafios. Dado o contexto, podemos dizer que “power skills” são precisamente a soma de “technical skills – hard skills – e comportamentais – soft skills”.

Ou seja, o conhecimento técnico dos colaboradores foi aprimorado e a capacidade profissional para lidar com o dia a dia da empresa também pode ser levada a outro patamar.

Power skills” são habilidades poderosas que as empresas modernas procuram no mercado de trabalho. Referem-se ao conjunto de habilidades que diferenciam grandes pessoas de profissionais medianos. Ao desenvolver power skills, é possível ter um conjunto mais amplo de habilidades para lidar com qualquer situação no seu dia a dia de trabalho.

 

Como é possível desenvolver “Power Skills”?

Embora seja responsabilidade do próprio profissional buscar o desenvolvimento pessoal, tanto em termos de competências técnicas quanto de habilidades mais abstratas, eles dizem que também é interesse do departamento de RH ter uma equipe de alto desempenho. requisitos da organização.

Isso significa que o RH pode investir em medidas práticas para desenvolver habilidades de capacitação de funcionários, como currículo corporativo aplicado e treinamentos focados no desenvolvimento pessoal.

Os gestores devem fomentar de forma proativa uma cultura organizacional focada na busca constante por conhecimento, inovação e crescimento profissional. Além de garantir que o ambiente de trabalho seja propício ao aprendizado e troca de conhecimento.

Como você pode ver, as habilidades de força são uma combinação de hard e soft skills aprimoradas em uma única especialização. À medida que o mercado de trabalho evolui com demandas cada vez mais complexas, a tendência é que apenas profissionais de alto desempenho consigam garantir sua vaga na empresa por muitos anos.

 

É treinamento? A gente sabe fazer

O foco dado para o Educorp na Wide oferece estratégias maduras para melhorar o treinamento interno das empresas, promovendo um cenário mais saudável e produtivo. Venha fazer parte da nossa história e nos deixe contribuir com a sua!